/*------------------- Blogger Theme by Bruna Borges - © 2013 (HTTP://ENDSTONIGHT.TUMBLR.COM/) Não se inspire ou Copie. Base: Minina ------------------------ */

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Um Telefonema


 Um telefonema muda toda a história, faz de um final um novo recomeço:


- alô.
- que saudade eu senti de ouvir a tua voz.
- desculpe, mas quem és?
- já esqueceu do som da minha voz?
- na verdade não, aliás, seria impossível .... mas não esperava receber uma ligação sua.
- também achei que não ligaria, que não conseguiria, mas ... precisava lhe dizer ..
-Silêncio.-
- dizer o que? Vá, diga-me.
- que ... sinto sua falta
- não achas meio tarde para dizer essas palavras? Agora tudo acabou ..
- sendo sincero, acho que não. Se houvesse acabado eu não sentiria que parte de mim não está comigo, não sentiria esse vazio em meu peito. Não veria seu rosto em todos os rostos que vejo na rua, não sentiria falta das suas manias chatas que tanto me irritavam, dos seus carinhos que tanto me mimavam. Não pensaria em ti em cada segundo do meu dia ...
- então quer dizer que ainda pensas em mim?
- és meu único pensamento ...
- gostaria de ter ouvido essas palavras à um tempo atrás, quando ainda acreditava que poderíamos ser felizes.
- e porque não acredita mais?
- porque me disseram que tudo que é verdadeiramente nosso, não sei vai e tu fostes embora ..
- esqueças o que lhe disseram, não importa quantas vezes as coisas se vão e voltam, o que verdadeiro não se acaba, e eu estou aqui pra lhe provar que o nosso amor nunca vai acabar ..
 - gostaria de acreditar, mas não, não estás aqui ..
- tens certeza? abre a porta, só não demora ...

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Te ver Partir



(...) foi difícil te ver partir, era como se eu estivesse vendo a melhor parte de mim indo embora. Tudo o que eu queria era que você sentisse a minha dor que era visível nas lágrimas que rolavam pelo meu rosto. Você dizia que isso era o melhor pra nós, mas em nenhum momento essa situação foi boa pra mim. Eu sei que depois daquela briga foi difícil de olharmos um no olho do outro, eu sei que nos magoamos, mas acredite, você me magoou muito mais me mostrando que era capaz de me deixar. Eu confiei em ti, lhe entreguei meu coração. E aqueles dias que passamos só nós dóis naquela velha fazenda? e as noites que passamos juntos, olhando as estrelas fazendo juras de amor? Não valeram de nada? Não restou nada dentro de ti? Eu lhe pergunto com medo da resposta, medo de ter a certeza de que acabou, que não mais te terei aqui do meu lado. Nem sei lhe dizer o que estou sentindo agora, quero te esquecer e ao mesmo tempo quero correr para teus braços e dizer que te amo com toda a minha força. Queria poder voltar ao tempo, só para poder ter a chance de mudar isso, de fazer algo que fizesse você ficar ao meu lado. Mas sabe o que eu quero mesmo? Quero saber se você volta, saber se você vem ser meu novamente. Se você vier, eu juro esquecer os momentos ruins, não importa o que passou, tudo o que eu fiz me levou até você, então eu faria tudo de novo, faria até o impossível pra nunca mais te ver partir.

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Seus Restos.

Hoje eu me pergunto o que restou de nós, de todos os nossos momentos, de todo o sentimento que existia dentro de nós. E o os nossos planos? pra onde foram? E os nossos sonhos? não realizaremos nenhum certo? É difícil não encontrar respostas para essas perguntas, é difícil procurar o que restou e só encontrar lembranças, não te encontrar. Mas dentro de mim, ainda lhe encontro. Ainda encontro nossos planos, nossos sonhos e até mesmo aquele meu velho sentimento por você, aliás, sentimento teimoso que não quer me deixar, que não quer acreditar que acabou. É muito difícil seguir em frente com todos esses restos seus aqui dentro de mim, sem encontrar ninguém que possa renovar tudo nesse meu coração teimoso e apaixonado. Coração que sofre sem você do lado, aliás, meu corpo inteiro sofre com a sua falta. Mas ok, eu já sei, não tem volta, nada restou certo?  Tudo bem, me contento com os restos, pelo menos até que alguém chegue e faça que nem os seus restos permaneçam dentro de mim.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Mudanças.

"Mudei tanto, será a idade? Serão os tempos? Perdi aquela necessidade juvenil de me apaixonar toda semana.” Nada é como antes, meus sonhos, pensamentos, objetivos, tudo, sim, tudo mudou. Acabei me tornando mais fria, não porque eu quis que fosse assim, mas porque a vida me tornou assim. Depois de tantos tombos, tantas feridas, de me levantar depois de todas elas e ainda ter tantas recaídas, algo aqui dentro foi mudando. Me sinto mais forte, mais preparada pra enfrentar o que ainda tem pra vir. Decidi dar minha cara a tapa, lutar pelo o que eu quero, não apenas sonhar mas também realizar, não apenas existir mas também viver. "Viver, viver e ser livre. Saber dar valor para as coisas mais simples." Aproveitar cada pequeno momento, valorizar à quem me dá valor, amar sem medo de me arrepender depois. (...) É, olhando bem, acho que mudei mais do que pensava, e acredito eu que ainda tenho muito o que mudar. Mas essa mudança eu vou deixar com a vida, com certeza ela se encarregará de continuar mudando e renovando tudo dentro e ao redor de mim.

sábado, 20 de agosto de 2011

Apenas Um Sonho

(...) ouvi um barulho e quando fui ver, era você batendo na minha porta. Achei estranho você pedindo pra entrar, mas no fundo fiquei feliz por você estar ali. Era visível o quanto você estava nervoso, sentou no sofá, alisando as mãos que não paravam de suar. Eu mal sabia o que fazer, não sabia o que falar, se lhe oferecia uma água ou perguntava como você estava. Nossos olhos vidrados um no do outro. Sabia que aquela tarde seria especial. Você começou a falar, confesso que não conseguia entender direito as palavras, graças ao nervosismo que você estava, mas as palavras suavam como uma leve brisa em meus ouvidos. Tudo começou a se acalmar, nossos sorrisos se abriram, ficamos lembrando das vergonhas que fazíamos no cinema ou naquela lanchonete onde nos encontrávamos.  Era visível o brilho do meu olhar, só pelo fato de você estar ali do meu lado, deixando eu matar a saudade, deixando eu te amar um pouquinho mais. Parecia um sonho, mas, de repente um barulho diferente, parecia a voz da minha mãe, tudo ficando claro, espera, um grito. - Acorda ou você perde a aula. E aí eu acordei. E o que parecia ser, realmente era um sonho, do qual eu não queria acordar. Só pra ficar ali matando um pouco mais a saudade, te amando um pouquinho mais, mesmo que fosse apenas em meu sonho.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Não foi fácil, nunca foi, mas nos últimos dias, isso foi mais do que comprovado em minha vida. Quantas vezes cheguei a pensar em desistir, em parar, em não mais sonhar, em não mais lutar. Mas algo, ou melhor, alguém esteve ali, esteve o tempo todo, mesmo quando não mereci, mesmo quando eu não quis. Por muitas vezes me senti só, mas esse alguém sempre veio pra me mostrar que eu tinha com quem contar, um ombro amigo pra chorar. Esse alguém enxugou as minhas lágrimas, cuidou de mim, me deu o amor que eu cheguei a pensar não existir. Me deu forças para continuar, acreditou em mim, quando todos os outros disseram que eu não iria conseguir. (...) Hoje firme e forte estou, determinada a seguir em frente sem nunca parar. Continua não sendo fácil, nunca vai ser, mas, agora sei que tenho um alguém que nunca vai me abandonar. Alguém que nunca vai desistir de mim, alguém pelo qual eu vou lutar, eu ou continuar. Não importa o que eu vou enfrentar, o que os outros vão dizer, eu sei que não vai ser fácil, mas esse alguém não vai deixar eu parar, e por esse alguém eu vou continuar.

Deus. ♥

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Com Que Letra Eu Vou ?


Se não deu certo, apague e recomece.
Esqueça o que ficou, esqueça a culpa.
A falta de plano, esqueça a dúvida.
O que foi quase engano.

Apague e recomece.

É sempre hora de mudar.
De virar a página e se reinventar.

(Mesmo que doa, aprender não é um processo à toa.)

"Fernanda Melo"

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Queria que Você Estivesse Aqui

Hoje eu queria que você estivesse aqui, talvez pra enxugar as lágrimas que estão caindo sem que eu consiga conter ou pra me fazer cócegas até eu morrer de rir e esquecer os motivos que me fazem entristecer. Talvez se você estivesse aqui, tudo estaria diferente. Me traria sorrisos sinceros, sorrisos que eu não tenho já faz um tempo. Eu sei que tenho sim muitos motivos pra sorrir, mas as vezes parece que os motivos pra chorar tomam conta de mim. Eu não sei de nada, ando confusa. Minhas palavras já não bastam para dizer tudo o que quero, tudo o que preciso colocar pra fora de mim. Talvez se você estivesse aqui, entenderia todas estas coisas apenas com o meu olhar. Ou talvez você estar aqui não traria solução pra nenhum dos meu problemas, não mudaria o fato de que eu não consigo conter as minhas lágrimas, mas não mudaria o fato de que o meu sorriso seria o mais sincero, só por saber que você estaria aqui, independente do que acontecesse.

sábado, 6 de agosto de 2011

Queria Estar Lá.

Eu queria estar lá, ao lado dele, ser seu porto seguro, seu refúgio, seu esconderijo de tudo aquilo que o faz mal. Queria poder senti-lo, abraço-lo, protege-lo e ama-lo como sempre quis. Mas os dias passam e cada vez o vejo mais distante, nossos caminhos tomaram destinos diferentes, e estou perdendo as esperanças de que um dia nos encontraremos no final. Talvez todos os momentos planejados para nós dois, devam permanecer apenas dentro de mim, nos meus sonhos. Sonhos que um dia se realizarão ou não. Os dias vão continuar passando e talvez continuaremos nos afastando. Mas acredite, eu continuarei querendo estar lá onde quer que seja, sendo seu porto seguro, seu refúgio e esconderijo. Mesmo o amando desta forma, vou continuar trilhando esse meu caminho, mesmo que você não esteja presente nele. E quando chegar no final, poderei encontra-lo ou não, realizar os sonhos pra nós dois ou não, mas acredite, eu ainda vou querer estar lá, eu ainda vou te amar.





domingo, 31 de julho de 2011

-

(....) a vida não é nem um pouco parecida com a maneira que um dia eu pensei que seria. É barra pesada, é cruel. Ela te bate mas não te ajuda a levantar, ela te dá mil motivos pra desistir e esconde de você os mil e um motivos pra continuar. Mas a gente tem que ser forte, eu pelo menos tento ser. A vida é como uma charada, você nunca sabe o que vai acontecer, nada é o que parece ser. Ela tem seus altos e baixos, seus lindos momentos, e também aqueles onde parece que tudo vai desabar. Sei lá, acho que nunca chegarei à uma descrição perfeita da vida, aliás, acho que ninguém uma dia conseguirá. Mas talvez seja essa a graça de viver, acordar e ir enfrentar o "mundão" sem saber o que te espera, sem saber em quem você pode esbarrar, sem saber se o dia vai ser diferente, sem saber se o amanhã vai chegar. Realmente essa minha vida não é nada parecida com a maneira que eu pensei que seria, mas se pudesse escolher, eu viveria a mesma vida que levo, sem me arrepender, fazendo valer a pena (.....)

quarta-feira, 27 de julho de 2011

Vou Batalhar.



Eu mudei. Eu sofri, caí, me levantei, e mais uma vez encontro-me aqui me preparando pra batalhar. Muitos quiseram me criticar, mas afinal, quem na vida não passa por transformações? Muitos dizem que minha transformação não foi boa, talvez porque tenha me tornado mais fria e tenha me afastado de tudo e todos que não me acrescentam nada, mas assim foi melhor pra mim. Acho que pensar primeiramente em mim não é um erro, nem faz dessa transformação algo ruim. Ao contrário. Mudar é necessário, e já estava na hora de mudar muitas coisas na minha vida. Chega de hipocrisia e falsidade, agora quero fazer valer a pena. Quero ganhar essa guerra, mesmo perdendo algumas batalhas. Vou me fortalecer em tudo aquilo que tentar me parar, "toda pedra no caminho nós devemos retirar". Não vou dizer que está sendo fácil, e sei que nunca será. Mas tudo que vem fácil, vai fácil. Então mesmo que seja difícil, os meus sonhos eu vou realizar. Chego à conclusão que amadureci, foi bom passar por tudo isso, vai ser bom passar por tudo que vai vir. Mais uma vez vou mudar,  mais uma vez vou cair, mais uma vez vou sofrer e outra vez vou me levantar, e em todas as vezes vou continuar a batalhar.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Desabafo.

Sinceramente não estou me importando com quantas pessoas vão ler esse texto ou com quantos comentários ele vai receber. Por muitos dias não tive força para escrever, e hoje resolvi mudar essa situação. Passei dias chorando, pensando, tentando encontrar uma saída para toda essa confusão que está acontecendo na minha vida. Anda tudo muito confuso, não sei ao certo quem é quem, nem mesmo quem eu sou. Por muitas vezes só fechei os olhos e dormi, tentando assim fugir de tudo ao meu redor. Não, nada disso adiantou. Mas acabei percebendo que nada daquilo estava me ajudando, só estava me afundando cada vez mais naquela solidão. Senti muita falta de escrever, senti falta do meu sorriso, da minha motivação a continuar e ser feliz. Mas mais uma vez eu me levantei e decidir voltar a ser o que sempre fui, voltar a escrever, voltar a sorrir, voltar a lutar e não desistir. Que não é fácil eu sei, e como sei, mas eu não posso desistir agora, não depois de ter chegado até aqui. Estou voltando, enxugando minhas lágrimas, retirando tudo o que me atrapalha, renovando as minhas forças e mais uma vez voltando a sorrir.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Meus Vazios

Mais uma vez encontro-me perdida em meus sentimentos, pra falar a verdade muito vazia deles. Outra vez cansada, sem vontade de escrever e até mesmo de fazer outras coisas. Falta-me força, incentivo talvez eu não sei. Ainda preciso esquecer-me de algumas coisas, preciso correr atrás dos meus sonhos, ando mesmo precisando rever certas coisas na minha vida. Está tudo muito confuso, muito vazio, choro sem saber o motivo e sorrir, aah o meu sorriso não é sincero já faz um tempo. Meus textos monótonos já não são capazes de descrever o que eu realmente gostaria de dizer, de mostrar. Preciso arrumar um jeito de colocar toda essa confusão para fora de mim, não por ninguém, mas por mim mesma. Estou precisando ter novos rumos, novos sonhos, novas histórias, novos sentimentos, novos sorrisos e lágrimas só se forem de alegria. Não posso deixar que eu me perca nesse caminho, eu vou me achar, não sei como, mas preencherei esse vazio, eu vou sair dessa, aah eu vou ...

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Lembranças.


Ao fechar os olhos e sentir a leve brisa sobre o meu rosto, senti como se minhas forças estivessem sendo renovadas naquele momento. Um filme de belas lembranças passou em minha mente, trazendo saudade e aquela louca vontade de “quero mais”. Sorrisos eu dei sem perceber, lágrimas de alegria transbordaram de meus olhos, era como se eu estivesse revivendo tudo aquilo que marcou a minha vida.  Aquela brisa fria sobre meu corpo me lembrava da época em que eu era aquecida pelos braços de alguém que tanto amei aquele fim de tarde, me lembrava momentos com pessoas que já se foram, mas que um dia me fizeram sorrir. Recordei-me de coisas bobas, mas que se perderam com o passar dos dias, que passam cada vez mais rápido e muitas vezes não nos deixa aproveitar esses pequenos momentos que ficam em nossas mentes para sempre. Ao abrir os olhos voltei para minha realidade, e percebi que eram sós lembranças. Lembranças que me trouxeram a vontade de viver com mais intensidade e não deixar que momentos assim se acabem. Então assim farei, vou viver, vou aproveitar a vida, e esperar pelas próximas lembranças que a brisa me fará lembrar.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Ando caminhando sem direção, sem rumo, sem saber para onde estou indo. Meus passos são lentos, mas, são graças à eles que consigo seguir e frente. Estou revendo meus conceitos, meus valores, reconstruindo meus sonhos, refazendo a minha vida, mesmo não estando tão forte. Está tudo muito confuso, sendo sincera, não sei ao certo o que estou sentindo, muito menos por quem. Está tudo renascendo, e estou achando isso muito bom. Minhas feridas ainda estão cicatrizando, e não vou negar que ainda dói, mas, quero acreditar que é questão de tempo para que tudo isso passe. Espero que no final desse meu caminho, eu encontre um bom lugar para descansar, alguém para amar e me fazer feliz. Mas até chegar lá, vou continuar caminhando sem saber ao certo onde vou chegar, pois afinal, já caminhei até aqui, tantas coisas já vivi, não é agora que eu vou parar ...

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O dia

Estava um dia lindo, como aquele no qual nos conhecemos. Me levantei pronta para um recomeço, queria mudar a minha vida, sair da rotina, lutar pelo o que eu queria, lutar por "ele". Fiz minhas necessidades, tomei meu café da manhã e logo peguei o celular pra ligar pra ele e marcar um encontro. Procurei, e não encontrando, me lembrei que em momento de raiva, o apaguei da minha agenda. Logo pensei : vou até a casa dele! Me arrumei de maneira apressada e fui até lá, mas, recebi a noticia que ele não estava. Cheguei a pensar em desistir, mas eu sentia que aquele era "o dia" pra lutar por essa história de amor. Passei o dia inteiro andando pelas redondezas, procurando quem sabe um vestígio ou uma pista de onde encontra-lo. O dia foi passando, e sol já estava se pondo, já estava cansada e com um pouco de fome. Foi quando decidir ir pra casa pra comer algo, e logo entrar na Internet pra quem sabe ter a sorte de encontra-lo on line. Fui com esperanças de que aquele dia, ainda era o dia, com um lindo sorriso no rosto e com um lindo brilho no olhar. Foi quando ouvi aquela risada estranha e inconfundível, e sim, era ele! Me virei para trás, pulando e pronta pra dizer tudo o que guardava dentro de mim, até que olhei para o lado dele e vi uma linda garota, da qual ele segurava as mãos e para qual estava dizendo: - eu te amo. Naquele momento meu sorriso se fechou e o único brilho em meus olhos, eram das lágrimas que quase não conseguia conter. Ele passou por mim e disse um "oi", sim foi a única palavra dirigida à mim, o "oi" mais seco que eu já recebi. Fiquei olhando os dois caminhando, juntos e felizes, e pude ter a certeza de que aquele era "o dia", mas era o dia do fim, dessa história de amor.

domingo, 12 de junho de 2011

Com o passar do tempo eu aprendi que tudo que vem, um dia tem que ir, que certas pessoas mesmo que sejam muito importante na sua vida, se vão um dia. Como eu queria que tudo fosse do jeito que quero, que certos momentos não se acabassem, que algumas pessoas não se fossem. Mas, tudo muda, tudo tem a sua hora de acabar e não temos outra opção a não ser seguir em frente, e se contentar com as lembranças. Me dói muito olhar e perceber que amigos que eu pensei em ter por toda a minha vida se foram e não vão voltar, aceitar que tudo agora é diferente e que a vida não "dá mole" à ninguém. Apesar de ser duro, eu tento seguir em frente e me fortalecer nessas coisas que vem para tentar me abater. Sim, eu sinto falta e as lembranças continuam em minha memória, mas é como diz aquele antigo ditado: "tudo o que é verdadeiro, um dia volta." Mas, mesmo que não volte, a minha vida vai continuar, vou seguir o meu caminho e me lembrar, que mesmo que "essas coisas" tenham partido, elas continuam aqui, dentro de mim.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

A Ultima Carta.

Meu querido eterno amor,

sinto muito, mas, essa é a ultima vez que lhe escrevo. É com lágrimas nos olhos que escrevo o fim do nosso amor. Você sabe que te amei como nunca amei ninguém, e que por muito tempo te esperei, e que em muitas noites sonhei em ser feliz ao lado teu. Só que hoje eu quero buscar o que é melhor pra mim, e te esperar tem sido muito doloroso, então, decidi te esquecer. Não posso nem vou negar que eu te amo de verdade e que você ainda está em meus pensamentos, e que tudo que eu ainda quero, é estar ao teu lado e te fazer feliz, mas, eu nem ao menos sei onde você está. Te desejo toda a sorte do mundo, acredite, de verdade. Te desejo que você encontre alguém que lhe ame do mesmo modo que eu te amei, que cuide de ti e te faça o homem mais feliz do mundo. E se um dia ficares triste e só, pegue minhas cartas e lembre-se que em algum lugar do mundo, sempre terá alguém pensando em ti. Alguém que é feliz só por você existir. Mesmo que eu quisesse, nunca conseguiria apagar as nossas lembranças, e espero que mesmo que o tempo passe, eu continue em algum lugar no fundo do teu coração. Não sei o que dizer em despedidas, só o que posso dizer é: "Que seja bom o que vier, pra você, pra mim." Seja feliz, pois é isso vou tentar ser, mesmo sem você. Adeus.

Com amor, a menina que mais te amou.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Again

Mãos sobre minha cabeça pensando o que mais poderia dar errado? Não deveria ter levantado da cama, como um dia pode ser tão longo? Sabe, nunca acreditei que as coisas acontecessem por uma razão (..) Eu perdi o primeiro trem, fiquei debaixo da chuva o dia todo, mal sabia eu que quando eu chamasse o próximo, lá estaria você pra varrer-me pra longe. Acho que é isso o que eu esperava. Nunca acreditei que as coisas acontecessem por uma razão, mas como isso aconteceu, você moveu todas as minhas dúvidas, acredito que por você eu farei tudo de novo. Quem poderia pensar que um dia que tudo deu tão errado, poderia se tornar tão adorável? Estou tão feliz que encontrei você, mesmo achando que o dia deu tão errado, eu não mudaria nada.Tudo pelo que passei, me levou até você, então eu faria tudo de novo, faria por você.




Again - Bruno Mars

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Eu quero tentar ser a pessoa que você quer, a pessoa de quem você precisa." Te abraçar em dias frios, te acariciar até você pegar no sono, te ligar na madrugada só pra dizer que o seu sorriso é o motivo da minha felicidade. Cantar no seu ouvido aquela música que lembra a nossa história, dormir no seu colo e olhar no teu olhar. Seria pedir demais? Eu quero você, quero dias perfeitos ao seu lado, quero ouvir tua voz sussurrando ao meu ouvido, me chamando de "minha linda", "meu amor". Eu quero ser aquela em que você pensa antes de dormir, ser a dona do seu coração, o motivo do seu sorriso e a noite ser o seu prazer. Quero você aqui do meu lado para que possamos finalmente viver uma linda história de amor e não importam as condições para tudo isso, "eu quero tentar ser a pessoa que você quer, a pessoa de quem você precisa."

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Saudades Eternas.

Hoje senti uma dor tão grande quande acordei, uma saudade sem tamanho, uma dor incurável. Sei que já faz uns meses que "ela" se partiu, mas o vazio que"ela" deixou, ninguém foi capaz de preencher.  Ainda sinto falta dos abraços sinceros, de ouvir aquela voz doce me chamar carinhosamente de "neném", de olhar aquela pele linda e sentir a sua maciez. Sinto falta de correr para encontra-la, de saber que ela estava ali pronta pra me acolher, e cuidar de mim. Sinto falta de tantas coisas, a saudade tem se tornado algo incontrolável, impossível de explicar. Algo que agora faz parte dos meus dias, algo que demonstro no meu olhar, algo que tenho dentro de mim, e está presente em tudo o que faço. Mas com o passar do tempo, tenho tentado entender que "ela" não está mais aqui, e sei que toda essa saudade não sairá de mim, talvez até aumente ou também quem sabe pode até diminuir. Mas sei que não importa quanto tempo passe, vou sentir a falta "dela", e "ela" estará presente dentro de mim,em tudo o que farei, em cada passo que eu  der no meu caminho, "a minha estrela guia" estará ali, me mostrando o caminho certo a seguir. 


3 meses, sem a minha linda "estrela guia". Minha vó, Olga Maria. (f)

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Talvez Amanhã

Era uma tarde como outra qualquer, fazia frio e já estava anoitecendo. Tinha sido um dia difícil, e tudo o que eu queria era que esse dia acabasse bem. Cheguei em casa tomei um banho e me deitei, sem perceber comecei a pensar em você e em tudo o que gostaria de te dizer, mesmo sabendo que não faria diferença. Fiquei me revirando na cama com todas aquelas coisas entaladas na minha garganta, tão triste, tão necessitada de você. Resolvi me levantar e sair um pouco, quem sabe te encontrar e acabar de vez com essa solidão? Andei planejando tudo o que iria dizer caso você cruzasse meu caminho, meu coração se encheu de esperanças, até um sorriso se abriu sem eu perceber. Mas a noite foi caindo e meus pés já estavam cansados, e nem ao menos tinha visto um rastro seu no meu caminho, a solidão que nem mesmo tinha ido, voltou e perdi a esperança de te encontrar e e então fazer o meu dia melhor. Voltei pra casa mais uma vez, e aquele dia se tornou apenas mais um dia, fui me deitar com a esperança que o "amanhã" fosse melhor, e infelizmente o nosso esperado encontro, aconteceu mais uma vez só em minha mente.

domingo, 15 de maio de 2011

Abrir meus olhos

"Eu abro meus olhos, vejo tudo conforme é de verdade, você longe de mim, tudo mudando, tudo acabando e nenhuma solução. Por muito tempo vivi acreditando em minhas ilusões, perdida em caminhos que eu mesma criei, mas hoje com olhos abertos, tento enxergar o caminho certo a seguir, o caminho que me levará ao lugar certo, à um lugar melhor. Eu sei que devo seguir em frente, mesmo que doa tenho que ser forte, busco forças dentro de mim para conseguir. Não é fácil se levantar, deixar tudo pra trás e começar de novo, mas, as vezes é necessário. Essa é a minha necessidade nesse momento, viver do mesmo jeito não me levará à um lugar nenhum, chegou a hora de viver nesse mundo que existe fora da minha cabeça, chega de viver com minhas ilusões, chega de esperar por algo que sei que não vai acontecer. Chegou a hora de abrir meus olhos, buscar aquilo que me fará viver, seguir o meu caminho, não apenas existir mas, finalmente viver."

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Mudanças.

"Sensações estranhas, medo, confusão, é um resumo do que tem se passado dentro de mim nos últimos tempos. Tenho vivido muitas mudanças e não muito boas, mas ainda assim tenho me mantido forte para continuar em pé. Tenho tentando segurar as lágrimas e fazer com o que o medo de perder não me impeça de jogar, tento ser forte e acreditar que lá no final, tudo vai valer a pena, vai dar certo. Não tenho tido sono, minhas noites viraram "momentos que eu tenho pra pensar na vida", e em como tudo vai ser diferente a partir de agora. Tive que aprender que algumas vezes tomamos caminhos que não queremos seguir, mas que nos levarão aos lugares certos, à lugares melhores. É, estou tomando um novo caminho na minha vida, mesmo não querendo, mesmo com medo de perder tudo o que tenho agora, mesmo sem saber o que vai acontecer. Não vou negar que está sendo assustador, mas não posso me intimidar, vou seguir em frente mesmo que só, pois sei que no meu caminho vou encontrar o tal alguém tão esperado, talvez não quem eu tenho procurado tanto, mas talvez alguém que esteja me procurando em algum lugar. Talvez seja mesmo a hora de mudar, a hora de seguir em frente. Talvez seja a hora de perceber que mudanças nem sempre são boas, mas sempre necessárias."

segunda-feira, 9 de maio de 2011

“Vai passar, tu sabes que vai passar. Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe? O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada “impulso vital”. Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento, te surpreenderás pensando algo como “estou contente outra vez”. Ou simplesmente “continuo”, porque já não temos mais idade para, dramaticamente, usarmos palavras grandiloqüentes como “sempre” ou “nunca”. Ninguém sabe como, mas aos poucos fomos aprendendo sobre a continuidade da vida, das pessoas e das coisas. Já não tentamos o suicídio nem cometemos gestos tresloucados. Alguns sim - nós, não. Contidamente, continuamos. E substituímos expressões fatais como “não resistirei” por outras mais mansas, como “sei que vai passar”. Esse o nosso jeito de continuar, o mais eficiente e também o mais cômodo, porque não implica em decisões, apenas em paciência.”


Caio Fernando Abreu.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Começar a Agir

Já não sei o que escrever, essa coisa de "amar em segredo" já não está me fazendo bem. Busco palavras para descrever tudo o que quero colocar pra fora, mas, elas já não parecem ser suficientes. Eu sinto saudade, necessidade de dizer, de estar perto, não sei, sinto tantas coisas dentro de mim, que estou confusa. Acho que está na hora de por um fim nisso certo? Te dizer tudo o que sinto, sem medo da sua resposta, saber de uma vez por todas se a minha espera realmente vai ou não valer a pena. Te ganhar ou te perder, ser feliz ao lado teu ou distante de ti. Escrever palavras soltas à ti já não me basta, preciso de te ver e te dizer o quanto te amo, nem que seja pela última vez. Não sei qual será o resultado disso, se será o nosso fim ou o nosso recomeço, mas preciso fazer essa história acontecer para que então eu possa escreve-la e de uma vez por todas parar de sofrer.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Só mais uma carta de amor.

"Mais uma vez te escrevo, sem a esperança que um dia você leia essas palavras. Te escrevo para enganar a minha vontade de dizer tudo o que sinto, e também a vontade de conversar com você. Precisava te dizer que sem você tudo perdeu a graça, tenho vivido amores inventados, histórias mal acabadas e noites sem sono pensando em você. Você me faz falta, sim, e como me faz. Não sei por onde você tem andando, não nos falamos já faz um tempo, mas, ainda te procuro por aí, ainda peço à Deus para te encontrar mais uma vez. Acho que aprendi a disfarçar e não demonstro te amar, meus amigos acham que eu "to de boa", não estou nessa de "sofrer por amor", sofrer por você meu único amor. Mas eu sofro querendo você aqui do meu lado, e para aliviar a minha dor te escrevo quase todos os dias, mesmo sabendo que é vão. Não sei se um dia as minhas cartas  chegarão até você, mas se um dia chegar, queria te dizer que continuas sendo dono do meu coração, estejas onde estiver, continuas aqui, dentro do mim."

sábado, 23 de abril de 2011

"Mil pedras me tacaram, machucados me fizeram, destruíram tudo o que eu tinha e por um momento me vi sem solução. Muitos me julgaram, fingiam se importar para depois me apunhalar pelas costas. Fiquei caída por um longo tempo, mas, dentro de mim sempre existiu uma chama que se acendeu mais uma vez ao te encontrar. Você foi o único que estendeu a mão e me levantou, esteve do meu lado em todos os momentos, curou minhas feridas e cuidou de mim. Me fez conhecer o amor que muitos diziam não existir, abriu os meus olhos para que eu pudesse ver a beleza da vida, me deu forças para seguir em frente sem medo de cair novamente. Graças à você me levantei e reconstruí meus sonhos, meus projetos, minha vida. Hoje? tenho cicatrizes do meu passado e já não sinto dor, me sinto forte e preparada pra enfrentar o que vier. As pedras já não me atingem, minhas cicatrizes já não abrem, e o que eu tenho, cuido para que ninguém destrua e se por um acaso destruírem, sei que tenho você ao meu lado para me ajudar a reconstruir. E o amor? aaah, o amor, hoje sei que ele existe, sei graças à você. Você me fez conhecer, você me fez sentir."

terça-feira, 19 de abril de 2011

-

Tenho falado pouco nesses últimos dias, tenho reparado em tudo e todos ao meu redor. Tenho buscado coisas que ma façam bem, e especialmente procuro por "alguém" que me faça feliz, sei que a minha felicidade não depende de "ter alguém" ao meu lado, mas me diga, quem não quer alguém que esteja do seu lado e te faça feliz ? Sim, eu tenho andando muito só e vamos concordar que isso não faz bem a ninguém. Eu quero amar e ser amada, quero beijos e abraços verdadeiros, quero mensagens de boa noite, quero "sentir" e poder "transmitir" à alguém todo o carinho e amor de dentro de mim, quero me deitar pensando em alguém e saber que esse alguém também pensa em mim. Quero alguém que me levante quando eu cair, que me dê forças para prosseguir e prossiga junta comigo, eu quero, eu preciso, "preciso de alguém que precise de mim".

sábado, 16 de abril de 2011

"Como eu queria"

Eu queria te dizer que te quero, dizer como meu coração acelera só de ouvir falar o teu nome. Queria te ter por perto, te fazer feliz e poder te dizer todos os dias o quanto eu te amo. Queria cantar minhas músicas que escrevo pensando em você, ouvir tua risada boba e te abraçar pra matar o meu frio. Queria fazer valer a pena todos os dias que eu fiquei  triste pensando em você, te esperando aqui, sentir a felicidade de poder te chamar de "meu". Gritar para que todos pudessem ouvir que o seu sorriso é o que me faz sorrir, caminhar contigo ouvindo suas piadas sem graça, sentindo o teu corpo perto do meu. Como queria te dizer que tudo o que escrevo é pensando em você e queria acreditar que se fizesse isso teria alguma diferença, acreditar que vale a pena lutar por você ou que dentro de você ainda há algum sentimento referido à mim. Acreditar que ainda existo em seus pensamentos, que faço seu coração acelerar ou que faço falta pra você, como queria te amar, aaa como eu queria ....

terça-feira, 12 de abril de 2011

Não, não vou desistir.

Sabe quando nada da certo pra você? Tudo ao teu redor te traz motivos pra desistir e tem horas que você chega a pensar a se render? Então tem sido assim em minha vida, tenho enfrentado tantos problemas e ainda tenho que sorrir, tentando segurar as minhas lágrimas. Tem sido difícil até mesmo de escrever, tenho andado tão vazia nos últimos dias, tenho procurado algo que me traga sorrisos sinceros, traga esperança de um tempo melhor. Meu único refúgio tem sido Deus, sim, tenho orado todos os dias pedindo à ele que me liberte dessa amargura. Tenho caminhado mesmo fraca, e não vou mentir que tem sido difícil, mas, hoje mesmo não conseguindo segurar minhas lágrimas, pedindo socorro, querendo desistir, tomei a decisão que não, eu não irei desistir agora. Vou continuar mesmo em meio a choros, sei que a alegria virá ao amanhecer, a noite pode até estar sendo longa, mas acredito que logo um novo dia vai raiar. Agora, escrevendo esse texto renovo minhas forças, me levanto pra continuar, não importa o que irei enfrentar, eu vou seguir, e não, não irei desistir.

sábado, 9 de abril de 2011

LUTO!

Quanta tragédia, quanta dor, quanto sofrimento, quantos crimes, quanto sangue inocente sendo derramado, quantas famílias sendo destruídas. Cadê o amor? cadê a paz?  Ainda me pergunto o que levou aquele homem, a cometer esse ato de tanta crueldade, tirar a vida de adolescentes e crianças que tinham todo um futuro pela frente. Quantos sonhos se acabaram naquele dia, quantos corações foram partidos, quanta morte e sofrimento em vão. Nem todos os minutos de silencio, palmas, rosas vermelhas ou cartazes serão capazes de preencher o vazio que ficou nas famílias das vítimas ou de apagar o que aconteceu, nem de impedir que isso aconteça de novo. Infelizmente ao ligarmos nossa tv, só vemos tragédia, e com o passar do tempo isso tem se tornado algo normal, ver pessoas inocentes morrendo, pai matando filho, filho matando pai, irmão matando irmão, pessoas que matam apenas por "prazer". O mundo tem se tornado um lugar frio e cruel a cada dia que passa, e  eu fico aqui a imaginar como será daqui a uns anos, qual futuro meu filho terá, se poderá acontecer com ele o mesmo que aconteceu com essas crianças. Precisamos de amor, necessitamos de paz, de força pra continuar e acreditar que coisas como essa, não voltarão a acontecer. Sei que meu texto não fará diferença no que aconteceu, mas, a minha parte estou fazendo, estou orando pra que Deus conforte o coração das famílias, e que tome conta delas e também de nós. Não podemos perder a esperança, precisamos ter fé que ainda há chances de vivermos num mundo melhor.

"Homenagem à todas as crianças que morreram no dia 7 de abril de 2011 em uma escola no realengo no Rio de Janeiro."

terça-feira, 5 de abril de 2011

Adeus

Hoje acordei tão diferente, tão renovada e bem resolvida. Por muito tempo me prendi a você e a esse sentimento, quantas vezes perdi a oportunidade de ser feliz, esperando que você voltasse e me devolvesse tudo aquilo que perdi, quando você partiu. Quantos sonhos, quanta ilusão, tanta esperança, pena que tudo em vão. O tempo passou e eu continuei aqui te esperando, mas você não voltou, mas de uma certa forma, nunca realmente se foi. Bom, quero dizer, agora você partiu. Não vou negar que doeu, mas também, não vou negar que "aquele adeus" era necessário. Ali foi um recomeço tanto pra mim, quanto pra você. Estamos livres pra viver tudo aquilo que a vida tem preparado para nós. Talvez venhamos a nos reencontrar um dia, mas enquanto isso, eu vou seguir o meu caminho muito feliz sem você. Lembre-se de que nunca te esquecerei, mas hoje eu me sinto muito bem ao te dizer: adeus.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Um novo Amanhecer

Era uma noite fria, o céu estava nublado e parecia que naquela noite,  a escuridão estava mais profunda. Dentro de mim havia um vazio, uma saudade de momentos que não existiram, uma vontade de ter novamente tudo aquilo que nunca me pertenceu. Um aperto no peito, meus olhos procuravam algo que não conseguia encontrar, meus braços imploravam por teu abraço, minha mente vazia só pensava em você. Lágrimas rolaram sem eu perceber, fechei meus olhos e naquele momento, todos os nossos momentos juntos se passaram na minha cabeça, fiquei ali um longo tempo, lembrando da felicidade que tinha com você ao meu lado. Ao abrir meus olhos, voltei a minha realidade, aquela noite fria e vazia sem você ali, suspirei fundo com grande tristeza ao perceber que nem todo o lamento do mundo poderia traze-lo de volta. A noite passava e eu continuava ali, procurava encontrar uma estrela, aquela que dei o teu nome, mas, as nuvens não me deixavam enxergar. Ouvi os meus pais me chamando, pedi mais cinco minutos pra ficar na varanda, ainda procurava entender o porque de todo aquele vazio, procurava entender o porque de pensar tanto em você ou o porque da vontade de te ter por perto. Meus cinco minutos acabaram e aquele vazio continuava dentro de mim, mas me levantei e me despedi daquele céu nublado,  fui me deitar com a esperança de que nasceria um novo e belo dia, seria o dia em que aquele sofrimento acabaria, o vazio seria preenchido e o brilho do meu olhar se renovaria.  Um novo amanhecer, uma nova esperança, um novo reencontro , um novo recomeço, com ou sem você.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Ainda te espero.

Sim, eu ainda te espero, ainda me guardo, ainda me iludo e ainda sofro muito por isso. Te procuro pelas ruas, te encontro em meus sonhos, te peço em oração mas te perco cada vez mais. Ainda me pergunto quando você irá surgir e mudar toda a minha vida, para que então eu possa lhe dar todo esse amor que tenho guardado aqui só pra você. Muitos já tentaram me enganar e tomar o seu lugar, mas, foram coisas tão passageiras, tão vazias, nada que pudesse ser capaz de preencher o vazio que tenho sem você, nada que pudesse tirar você dos meus pensamentos ou acabar com essa enorme vontade de te ter. Muitos outros me julgam, e dizem que a minha espera é em vão, mas, são nessas horas que meu amor fala mais alto; sei que tenho te esperado a muito tempo e que ainda não tenho idéia de quando essa espera vai acabar, mas, no fundo eu sei que vai valer a pena. E não importa quanto tempo essa espera vai durar, eu vou continuar aqui te esperando, me guardando, me iludindo e sofrendo por isso, eu vou continuar a te esperar pois sei que um dia distante ou não, eu irei te encontrar.

segunda-feira, 28 de março de 2011

Hoje eu decidi escrever sobre algo que toma conta de nós, algo que nos faz refletir, nos faz amar, nos trás paz, alegria e em algumas vezes também a esperança. Estou falando da música que particularmente é algo que faz parte da minha vida, é minha válvula de escape, minha forma de expressar meus sentimentos, seja eles de alegria ou tristeza. Em muitos momentos da nossa vida a música se torna nossa unica companhia, e é nela onde encontramos as palavras que precisamos ouvir, ou até mesmo dizer. Muitas pessoas dizem que a música tem o poder de transformação, e sabe que eu até concordo? A música com toda sua harmonia, todo o seu encaixe, transmitindo todo aquele amor, que muitas pessoas procuram, e acabam encontrando nas notas musicais que fazem a a linda melodia. Tantos ritmos, tantas batidas, sons e estilos diferentes, mas todos eles com a mesma capacidade de transmitir toda essa magia, através do som. Não importa em qual circunstância, ela sempre está presente, e não importa quanto tempo irá passar, ela continuará presente, com suas mudanças, suas inovações, sempre será uma das "magias da vida", sempre será um fonte de alegria.

sexta-feira, 25 de março de 2011

Você!

Hoje passei o dia pensando em você, em seu sorriso bobo, seu jeitinho único de ser, a forma que você me faz sentir quando está do meu lado, o jeito que como só você me faz sorrir. Desde que te conheci algo dentro de mim mudou, a alegria de te encontrar, de te ouvir, de estar ao seu lado, mesmo que seja só pra te assistir. Você se tornou minha vontade, tomou conta de todos os meus pensamentos, minhas canções  e também meus sonhos. Sei que não tem muito tempo que te conheço, mas mesmo antes de te conhecer sabia que tinha algo diferente em você, o brilho do teu olhar era mais forte, o seu sorriso o mais belo, e ainda não sabia explicar o porque que meu coração acelerava sempre ao te ver. Depois que te conheci, você me conquistou da maneira mais pura, mas sincera e mais fácil também. Eu não sei bem te explicar o que sinto, mas, sei que quando estou com você tudo fica diferente, e quando estou longe, meu único pensamento é você! Eu não sei no que isso vai dar, não sei se vai dar certo ou se vai pra frente, se será passageiro ou duradouro, mas sei tudo o que quero agora, é estar com você, e te fazer feliz, pois, seu sorriso é o motivo da minha felicidade.

domingo, 13 de março de 2011

Saudades.

Como me lembro de ti nos meus dias, quando acordo, quando vou ver tv, quando vou almoçar e sempre que paro de fazer algo, me pensando em ti, e em tudo que aprendi com você. Me lembro da minha infância, e de cada momento que você esteve do meu lado, de cada detalhe que você me ensinou e colaborou para que eu me tornasse quem eu sou hoje. Sei que você não está presente fisicamente em nosso meio, mas, sei que estarás sempre em meu coração e em minha mente. Tudo o que eu queria é estar contigo mais uma vez, te agradecer por tudo, por ter sido meu porto seguro em tantos anos, por ter me ensinado o real sentido da vida, ou dar aquele último adeus, olhar em teus olhos e desejar que descansasse em paz, afinal, a senhora merece. Infelizmente não puder dar esse último adeus, mas, tenho certeza de que a senhora está bem, e que um dia te encontrarei no céu, e finalmente poderei agradecer mais uma vez por tudo o que fez por mim. Não importa quantos anos possa demorar para esse nosso encontro, sempre serás "minha estrela guia", meu exemplo e minha inspiração.


Mais um texto dedicado à minha vózinha, Olga M.
Quando a saudade bate, é difícil de conter.

domingo, 6 de março de 2011

Me reencontrar

Era um final de semana qualquer, ainda estava perdida precisando me encontrar. Estava em casa e decidi caminhar e já não tinha mais esperança de que poderia te encontrar. Coloquei meus fones no ouvido e passei aquela música que me lembrava você, desviei o olhar daquele banco da praça onde demos nosso primeiro beijo e depois disso passei a seguir em frente sem olhar para os lados, fui sem rumo em uma direção onde não sabia onde iria chegar. Depois de tanto caminhar, tentando encontrar respostas para as minhas dúvidas, tentando encontrar um alívio, sem mais nenhuma esperança, foi quando encontrei você. E naquele momento aquela música começou a tocar em meus ouvidos, fiquei te olhando sem reação, não sabia o que dizer nem o que fazer, foi quando deixei uma lágrima rolar em meu rosto, virei as costas para partir. Foi quando senti sua mão a me segurar, e meu corpo inteiro se arrepiou, meu coração acelerou e cheguei a pensar que era um sonho, foi aí que senti teus braços ao meu redor e ouvi tua voz dizer: - estou aqui. Naquele momento meu mundo parou, ficamos ali lembrando da nossa história, jogando conversa fora e demos nosso último beijo. A hora passou que nem percebemos, já era tarde e eu precisava retornar, nos despedimos, coloquei os fones no ouvido mais uma vez e ouvi aquela música com um sorriso no rosto, ao chegar na praça, sentei naquele banco e uma lágrima de alegria rolou e terminei minha caminhada sorrindo ao me lembrar de você. Eu não sei explicar o que aconteceu comigo depois do nosso encontro, mas sei que aquele deixou de ser só mais um final de semana, e foi o final de semana onde me reencontrei ao encontrar você.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Nessa última semana, eu me perguntei todos os dias sobre o que eu poderia escrever aqui, e só encontrei aquele silêncio, aquele vazio como resposta.  Foi uma época muito difícil para mim, onde não encontrava "a minha luz no fim do túnel" sabe? Mas hoje eu me levantei mais uma vez, abri os meus olhos e consegui ver "aquela luz", consegui sentir a ferida cicatrizando, e tudo renascendo pra mim. Sim, estou numa época de recomeço e muito feliz por isso, novos amigos, já possível um novo amor, uma nova página da minha vida, um novo capítulo para esse meu livro que com certeza sei que terá um final feliz. Ainda não tenho muito o que escrever, ainda ando meio perdida, mas sei que isso vai passar , e logo logo terei novas histórias, novos sentimentos pra escrever aqui, agora só me preocupo em viver e fazer valer a pena, pois este aqui é o meu recomeço!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Minha estrela guia

Seguir em frente, tem sido uma coisa muito difícil pra mim. Perdi a estrela que mais brilhava no meu céu e por um momento me esqueci que havia outras estrelas que também brilhavam ali. Por um momento me vi numa escuridão, numa solidão, sentindo uma tristeza que rasgava meu coração por inteiro, que me tirava a vontade de seguir em frente, e procurar novas estrelinhas para o meu céu. Mesmo estando completamente perdida sem minha estrela guia, tive que procurar me levantar e seguir em frente, procurar uma luz em meio a tanta escuridão, um ponto de felicidade em meio a tanta solidão. Acabei encontrando outras estrelinhas, mas para a minha surpresa eram estrelas que sempre estiveram ali brilhando no meu céu, mas eu nunca consegui enxergar. E foram essas estrelas que me mostraram que mesmo quando tudo está dando errado, e necessário seguir em frente, e que as estrelas que um dia eu conquistei, nunca sairão do meu céu, elas sempre estarão ali em algum lugar iluminando meu caminho. E hoje, não vou mentir que ainda estou muito abalada, mas, posso dizer que estou seguindo em frente, mesmo sendo tão difícil, vou continuar nesse caminho mesmo não sabendo ao certo onde vou chegar, vou buscar novas estrelas para em céu brilhar.


Texto dedicado à : Minha vózinha, Olga M. que faleceu essa semana. Minha estrela guia, que nunca deixará de brilhar, sei que sempre estará iluminando meu caminho e fazendo do meu céu o mais lindo!

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Dreams.

Hoje eu descobri que o sonho é o que há de mais mágico na nossa vida. É o que nos permite querer, almejar e viver algo melhor, algo que nos complete, algo que nos faça feliz, algo pelo qual valha a pena lutar. Existem muitos tipos de sonhos, sonhos de toda uma vida, sonhos amorosos, sonhos materiais, sonhos profissionais, etc ... Muitas pessoas desistem de seus sonhos, por achar que não são capazes de realiza-los, mas, eu aprendi uma coisa, a unica coisa que pode nos impedir de realizar nossos sonhos, somos nós mesmos. Em muitas das vezes os sonhos são o motivo da nossa felicidade, e também o motivo de nos levantarmos da cama e enfrentar o que vem pela frente, só pela esperança de ter aquele sonho realizado. Em outras vezes os sonhos são como uma válvula de escape, um refúgio, quando tudo ao nosso redor não está do jeito que queremos. Os sonhos movem a vida de muitas pessoas que não tem nada nem ninguém, mas acreditam em um amanhã melhor, e também das pessoas que conseguem enxergar que o mundo em que vivemos está vez mais se tornando em um lugar frio, onde cada um só pensa em si, onde filhos matam pais e pais matam filhos. Sonhar é a esperança de um lugar melhor para estar, de um real sentido pra vida, de ser feliz apesar de toda a tristeza. O que nos resta é acreditar,  e lutar para que nossos sonhos sejam realizados, e não deixar que ninguém venha nos impedir! Viver essa magia, sentir essa alegria de poder acreditar que tudo vai melhorar, ir atrás dos nossos sonhos e nunca deixar de sonhar ..

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Destino.

Estava pensando, será que realmente existe destino ? ou é por acaso que todos os meus passos me levem até você ? Quantas vezes tomamos caminhos diferentes e cheguei a pensar que não nos encontraríamos mais, e para a minha surpresa, você sempre reaparecia. Quantas vezes me achei "burra" por acreditar em um destino, que nos levaria ao mesmo caminho, e muitas outras vezes, acreditei que nossa história teria um fim, mesmo sem ter um real começo. E em todas as vezes que pensei em te apagar das minhas lembranças, você aparecia, e mesmo sem saber  me fazia acreditar que valia a pena, errar, acertar ou só tentar! E eram nessas horas que eu começava acreditar que talvez "esse tal destino" poderia existir, e que de alguma maneira, nossos destinos estivessem relacionados. Você mesmo sem saber foi muito importante pra mim, foi aquele que despertou em mim o sentimento mais puro e mais sincero, sabe aquele sentimento sem nenhum interesse ? querer bem à uma pessoa, pedir a Deus todos os dias pela vida dela , mesmo sem ve-la, sem senti-la, sem te-la por perto ou sem ao menos saber se aquela pessoa lembra da sua existência. Depois de tudo que aconteceu entre nós dois, eu passei a acreditar "nesse tal destino", e também acredito que não foi por um acaso que ele te colocou em meu caminho. Não importa o que o destino tem preparado pra mim, sei que tudo dará certo, e não vou me preocupar se vou errar, ou se vou chegar até você um dia ou não, porque "hoje acredito em destino pois tudo que passei me levou até você , então eu faria tudo de novo, tudo por você!"

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Talvez.

São exatamente 3:41 da madrugada, e eu estou aqui, sem sono, sem ter o que fazer ou alguém pra conversar. Resolvi fazer o que mais faço nos meus dias, expressar meus sentimentos em minhas palavras, mesmo quando não sei o que estou sentindo, mesmo quando tenho dentro de mim esse vazio, como o que sinto agora. Nos últimos dias tudo em minha volta tem mudado, e dentro de mim também não tem sido diferente. É como se tudo estivesse renascendo, como eu estivesse renascendo. Já não sei o que faço pra preencher esse vazio dentro de mim, tenho andando em novos lugares, com novas amizades, mas é como se nada pudesse preencher esse espaço que ficou quando apaguei meu passado. Talvez seja preciso entender que nunca poderei apagar completamente meu passado, pois, ele faz parte do meu presente, e também do meu futuro. E que talvez eu também tenha que esperar, assim como fiz em toda minha vida, toda a minha história eu demorei quase 16 anos pra escrever, e como estou renascendo, acho que terei que começar outra história a partir daqui, e terei que ter paciência pra acompanhar cada capítulo e fazer cada um valer a pena. Talvez eu deva não planejar meus passos, e apenas seguir na direção que meu coração escolher, e então poder ver aonde vou chegar. Talvez eu deva me preocupar menos em preencher esse vazio dentro de mim, e deixar que a vida se encarregue disso. Talvez eu deva aproveitar cada momento, sem me preocupar com o depois ou sobre o que os outros vão pensar. Talvez eu só deva viver, e aproveitar!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

O Nosso fim.

Hoje passei o dia lendo todos os textos que te escrevi, e lembrando de cada lágrima que derramei ao escrever cada palavra. Lembrei dos nossos momentos juntos do primeiro até o último, da nossa canção, do calor dos seus abraços, do sabor dos seus beijos e até mesmo a sensação que sentia quando ouvia tua voz sussurrar em meu ouvido. Mas hoje eu não me lamentei de nada, não senti saudades e nem ao menos quis viver tudo aquilo novamente. Finalmente eu tomei a decisão de tomar outro rumo  na minha vida, te esquecer e viver um outro amor, não que o nosso amor não tenha sido lindo, e que não tenha valido a pena ter me entregado a você. Mas sabe quando você acorda diferente ? querendo sentir novos ares, realizar os teus sonhos, viver novos amores, conhecer outros lugares e novos amigos ? então, eu acordei dessa maneira hoje. Nosso último encontro? aah como foi bom, te reencontrar foi maravilhoso, foi a nossa despedida, foi a nossa última vez, foi o ponto final de uma linda história que teve um final feliz. Sabe, esse é o meu último texto que dedico à você e sabe quando as palavras parecem não ser o suficiente pra expressar tudo o que você sente ? ou quer dizer ? está sendo assim hoje. Estou aqui procurando as palavras certas para o final deste conto, do "nosso conto". As palavras certas para te agradecer por tudo e dizer que nunca te esquecerei, e também para dizer que te amei de verdade, que nossos momentos e a nossa história estarão sempre guardados dentro do meu coração, que você foi um dos melhores presentes que a vida me deu, mas como tudo na vida "nós dois" tivemos um fim, a nossa história acaba aqui.

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Te Reencontrar.

Foi quando eu pensei que nunca mais iria sentir a felicidade de estar ao teu lado, de sentir teu abraço a me envolver, ouvir tua voz a me chamar de : Minha, que aí você apareceu. Aquela sensação foi tão boa, foi como se tudo estivesse renascendo naquele momento, como se toda aquela dor e mágoa passasse e a ferida se cicatrizasse. E naquele momento foi quando eu tive a certeza que tudo valeu a pena, e foi quando eu percebi que por mais que o tempo passe e as coisas mudem, tudo o que a gente viveu vai permanecer guardado dentro de mim, e não importa o quanto eu tente, nunca me esquecerei completamente de você. Nosso reencontro foi rápido, mas foi o suficiente pra despertar em mim sentimentos que eu ainda não tinha sentido, e naquele dia tudo foi diferente, o beijo, o abraço, aquele frio na barriga, a sensação de estar com você, até o nosso olhar brilhava mais. Me doeu muito a hora de dizer adeus, pelo fato de não saber quando te reencontraria novamente, para então poder viver toda essa emoção mais uma vez. Mas sabe ? não importa quanto tempo vai demorar pra eu te ter mais uma vez, eu sei que um dia nos reencontraremos e viveremos novamente essa  emoção que só sentimos quando estamos juntos, reviver esse nosso amor que nunca vai morrer.

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Necessidades.


Nós temos um grande defeito de quando estamos apaixonados, ficamos dizendo : "você é tudo pra mim", "eu não vivo sem você", "preciso de você mais do que o ar pra respirar" etc .. Quanta ilusão! Acabamos perdendo a noção do que realmente é "importante" em nossa vida. Quanta coisa fútil encontramos nesse mundo, tantas palavras soltas, quanta "aparência" sem nenhuma "essência", quanta ilusão, quanta perda de tempo. Pra mim "necessidade" é tudo aquilo que quase nunca damos muito valor, são pequenas coisas que passam desapercebidas mas tornam nossas vidas em algo que realmente vale a pena. Um acordar, um nascer do sol, um sorriso, um abraço sincero, um amor verdadeiro, um dia de sol, um dia de chuva, uma família que te ama e apoia, amigos que te fazem sorrir, a paz interior, um sonho realizado, um show da sua banda favorita, etc.. Ta aí algumas coisas que me fazem querer viver, coisas que eu necessito pra ser feliz e que eu não vivo sem. Eu sei que não fará a mínima diferença o que estou escrevendo aqui, continuaremos vivendo com essa hipocrisia, nessa futilidade, nessa ilusão, nesse "não dar valor ao que realmente merece!" Mas acho que é algo que devemos aprender no nosso dia-a-dia, devemos parar e pensar : O que é necessário na minha vida ?. Eu me fiz essa pergunta e foi o que me levou a escrever esse texto, então se pergunte : O que é necessário na sua vida ? acho que encontrarás respostas surpreendentes, que com certeza mudarão sua maneira de ver a vida.

• Esse texto é meio diferente de tudo o que eu estou acostumada a escrever, mas espero que esteja bom, precisava colocar tudo isso pra fora.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Selos.


Esses dois selinhos, ganhei da Iara do : http://domeumundoparticular.blogspot.com/

A regra é: Falar 10 coisas sobre você e indicar 10 blogs:
1 - Odeio português.
2- Sonho em ser uma grande jornalista.
3- Amo o inverno
4- adoro ler
5- amo escrever
6- sou viciada em música
7- sou muito amorosa
8- sou evangélica
9- sonho em conhecer o Canadá
10- meus textos são meus sentimentos em palavras.

Blogs indicados, peguem o selinho :

3- My Heart and Soul - http://dreamofmemory.blogspot.com/
9- Palavras ao Vento - http://mynicewind.blogspot.com/

E esse debaixo ganhei da Dreams do : http://dreamofmemory.blogspot.com/




A regra é repassar à 15 blogs, e responder as perguntas :

Nome: Danyelle

Uma música: Porto Alegre - Fresno

Humor: Muda constantemente.

Uma cor: Branco

Uma estação: Inverno.

Como prefere viajar: de carro.

Um seriado: não vejo tv.

Frase ou palavra mais dita por você: não sei, mas acho que " tipo assim, relaxa."

O que achou do selo: Eu amei, fiquei surpresa, e muito, muito feliz.

* Os 10 blogs de cima também ganham esse selo aqui, só vou incluir mais 5 :


13- Por não saber como falar, vivo a escrever - http://pornaosaber.blogspot.com/
15- Bom, não tenho mais nenhum blog à indicar.

Eu agradeço muito pelos selos, e quero dizer que curto muito os blogs indicados aqui, e que vocês merecem os selinhos.
beijos, Danny.





quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Essa noite ..


Eu me deitei e antes mesmo de perceber, perdi completamente o sono, e me peguei pensando em ti. Só que dessa vez foi diferente eu não fiquei imaginando como seria estar ao seu lado, nem fazendo planos pra nós dois, dessa vez eu só quis aceitar que tudo acabou. Eu me lembrei de como éramos, de quando nos conhecemos, de tudo que a gente passou : cada beijo, cada abraço, cada briga, cada carinho, cada sorriso, cada lágrima, cada palavra dita. E depois olhei pra nossa realidade, onde não sobrou mais nada, os beijos perderam o sabor, os abraços o calor, e sem contar com esse silêncio que toma conta da nossa relação. Tenho que confessar que doeu, e ainda dói, ter que esquecer e deixar tudo pra trás, com essa dor no coração como se ele estivesse se quebrando em mil pedaços, esse nó na garganta por todas as coisas que sempre quis te dizer, mas guardei dentro de mim. Mesmo sabendo que pra ti eu já sou passado, ainda é difícil aceitar que você não está mais no meu presente, nem estará no meu futuro, e que todos os nossos sonhos e planos ficaram pra trás. Eu até já tinha me acostumado me deitar e lembrar de ti em todas as noites, me aprofundar na solidão, e me prender cada vez mais nesse sentimento. Mas sabe ? agora tudo é diferente, sei que foi do jeito mais duro, mas aprendi a deixar o que passou no passado, deixar você no passado ! E a partir de agora, não perderei mas o meu sono contigo, agora deitarei, dormirei e sonharei com novos projetos, novos amores, novos momentos, dos quais você não faz parte ...

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Mudanças.

Nesses últimos dias tenho andando muito só, muito pensativa e muito vazia. Tenho perdido muito tempo fazendo planos para o dia de amanhã, e tenho me esquecido de viver o hoje. Tenho observado as coisas ao meu redor, meus amigos, minha família, o sol se por e o dia amanhecer. Tenho revisto meus conceitos, meus valores e meus sonhos, tenho tentado deixar pra trás tudo aquilo que me faz mal ou que me impeça de avançar. Cheguei a conclusão que estou mudando , amadurecendo talvez, deixando as feridas pra trás, e pronta pra enfrentar o que vier. Sei que errei muito , e que ainda errarei bastante nessa vida, mas aprendi algo muito importante : aprender com meus erros, e não mais comete-los. Decidi mudar minha vida, parar de só planejar, e realizar tudo o que eu quero. O que eu quero ? eu quero é viver intensamente, fazer cada momento valer a pena, realizar os meus sonhos, dar orgulho a minha família, ter amizades que durem toda uma vida, ver o sol nascer do lado de alguém que me ame do jeito que eu sou, resumindo : eu quero ser feliz, ou somente aproveitar essa felicidade que a vida sempre me proporcionou, e eu nunca dei valor.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Mais sentir, menos dizer.

Uma coisa que eu aprendi é que : amor não se fala, se sente ! E hoje em dia a maioria das pessoas mais dizem do que sentem, e o tradicional "eu te amo" se tornou "bom dia" ou "prazer em conhece-lo", as pessoas não sabem o poder que as palavras tem. "Sentir" será que as pessoas sabem o que é realmente sentir ? sabem o que é realmente amar ? Eu queria que alguém me fizesse sentir esse amor que muitos falam, sim eu já senti, mas, confesso que no momento me sinto muito vazia de sentimentos. Estou cansada de tanto ouvir, e de pouco sentir. Não quero aquele amor falso, onde as pessoas nem sabem o real significado da palavra amor. Eu quero aquele amor verdadeiro, que não precisa ser dito pra ser sentido, simplismente você transmite em um olhar, em um toque, em um abraço. Eu quero sentir, sentir você aqui perto de mim, com seus braços ao meu redor e tua voz próxima ao meu ouvido, sentir teu perfume, teu toque. Só me resta saber se você vem, e se vier, por favor não venha me dizer palavras soltas que não vem do coração, me faça sentir, eu quero sentir, preciso sentir esse amor ...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011


As lembranças não saem do meu pensamento, seu cheiro, sua voz, seu abraço, tudo seu me faz falta. Fico me perguntando se voltar no tempo poderia apagar tudo o que aconteceu, fico pensando como tudo seria melhor se você estivesse aqui ao meu lado. Todos aqueles momentos só nossos, todos os beijos e abraços que ficaram pra trás. Todas aquelas juras de amor, que fazíamos um para o outro, e acreditávamos que seria assim pra sempre, como nos contos de fadas "viveríamos felizes para todo o sempre". Todas as vezes que você me ligou para dizer um : - eu te amo, e eu não dei valor. Aquela nossa música que sempre que ouvíamos lembrávamos um do outro, aquela vez que você disse que queria conhecer minha mãe, e eu troquei de assunto rapidamente. São alguns momentos que eu nunca vou me esquecer, uns pelo fato de serem tão perfeitos e marcaram minha vida, e outros, porque eu me lembro de como errei com você, como fui burra, como poderia ter te dado mais valor, e ter sido feliz ao seu lado. Mas ao invés disso fiquei presa aquele amor antigo, mesmo sabendo que não valia a pena. Você foi a melhor coisa que me aconteceu, meus melhores dias foram aqueles que passei ao teu lado, mas, aquele dia em que por um erro meu você partiu, foi o meu pior dia, foi a pior coisa que me aconteceu.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Preciso me achar.


E eu me perdi nesse caminho cheio de falsos amores e falsos amigos, queria achar a direção que me levaria até você, mas, meus olhos cansados já não conseguem enxergar. A solidão tem acompanhado meus passos, a tristeza se tornou minha melhor amiga, meus ouvidos só querem ouvir tua voz, e meu coração só quer bater se for por você. Minhas palavras já não tem som, meus pés estão cansados, minha mente cada vez mais confusa, dentro de mim vai crescendo sem parar esse sentimento louco, que sinto por você. Estou cada vez mais me aprofundando nesse caminho escuro e solitário, esperando te encontrar, para então guiar meus passos ao caminho que me leve a felicidade, que me leve até você.